quinta-feira, julho 13, 2017

Post 6313 - Visto na Net

"goo.gl/5tzOD1 | Ter um colega de trabalho psicopata pode ser mais comum do que se imagina e isso não significa que alguém será cortado com uma serra eléctrica. Confira as duas listas!

Falta de empatia, tendência à insensibilidade, desprezo pelos sentimentos de outras pessoas, irresponsabilidade, irritabilidade e agressividade são as principais características da psicopatia, um transtorno de personalidade antissocial.

A publicação britânica The Week divulgou duas listas: uma com as profissões que mais possuem psicopatas e outra com as que possuem menos psicopatas. Veja abaixo os dados:"

Profissões com maior % de psicopatas

1. CEO
2. Advogados
3. Apresentador de rádio e TV
4. Vendedor
5. Cirurgião
6. Jornalista
7. Policial
8. Pastor
9. Chefe de cozinha
10. Funcionário público

Profissões com menor % de psicopatas

1. Cuidador de idosos
2. Enfermeiro
3. Terapeuta
4. Artesão
5. Esteticista
6. Voluntário
7. Professor
8. Artista
9. Médico
10. Contador

Fonte: "The Wisdom of Psychopaths", Kevin Dutton, Farrar, Straus and Giroux"

14 comentários:

  1. Identifiquei poucos na minha vida, com Psicopatia.

    ResponderEliminar
  2. Menos mal que estou na última lista :))))
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu decidi que não estou em nenhuma :)

      um beijinho

      Eliminar
  3. E os trabalhadores rurais, e pescadores, e operários fabris. Tudo boa gente?
    Amiga, viu a mensagem que lhe enviei pelo Facebook?
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Talvez estejam no meio :)

    vou já à procura da mensagem

    um beijinho

    ResponderEliminar
  5. Já de volta, muito obrigada :)
    e vou começar a ler a história
    um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Não me considero de todo, como sendo... mas tropeço num monte deles, a toda a hora...
    Um post super interessante!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu achei engraçado ler isto até para partilhar com amigos que têm profissões que estão na primeira lista
      um beijinho

      Eliminar
  7. Mas onde vão eles buscar estas listas sem sentido algum???
    Deve ser uma tentativa de manipular as massas para escolherem profissões mais carecidas de interessados - como a de cuidador de idosos e professores!

    Como se não existissem sádicos a trabalhar com idosos, e professores sádicos ou ainda terapeutas... Faltou psicólogos e psiquiatras. E quantos de «colarinho encardido» não são também psicos? Conheci um rapaz muito novo sem grande instrução que era sociopata... faltou acrescentar às características destes um enorme prazer pelo sofrimento alheio. Prazer por o causar, prazer no perturbar a paz de espírito alheia, prazer em provocar conflitos e prazer em gerar violência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No idea, Portuguesinha, achei que poderia servir para brincarmos sobretudo com amigos que estejam na primeira lista

      Eliminar
  8. CUIDADO!

    Nem sempre a psicopatia é fácil de identificar, mas alguns casos tornam-se gritantes após algum tempo de contacto com os mesmos. Felizmente como excepção que espero confirme a regra, já tive oportunidade de conhecer algum que outro caso de psicopatia, incluindo um Sr.º Dr.º que nomeadamente disse em publico: _ "os animais não sentem dor" e complementar acto imediato acrescentou: _ "a dor é uma questão de hábito". Por mim correspondi-lhe publicamente dizendo imaginar que: _ "o mesmo deve ter martelado os próprios dedos, por exemplo um por dia e quando chegou ao último, até mais que não sentir dor deve já mesmo ter sido um verdadeiro prazer!!!". Reitero que o Sr.º era e é médico, salvo erro endócrinologista, porque acrescentou ainda ter o exemplo dos seus pacientes diabéticos que: _"ao habituarem-se à picada da insulina, deixam de sentir esta última"!

    Enfim _ digo eu _ que haja e de facto há processos, até mentais, de controlar a dor é uma coisa, agora que: _ "os animais não sintam dor" e/ou que: _ "a dor seja uma mera questão de habito", só pode a meu ver ser sinónimo de psicopatia!

    E o resultado prático está na forma como muitos, de todo demasiados humanos tratam(os) ou destratam(os) os animais, por já não falar de entre si (nós) mesmos!

    De qualquer modo a dupla lista acima não me parece particularmente credível, enquanto tal, desde logo como que traçando a régua e esquadro uma, no limite, maniqueísta linha entre actividade mais ou menos propicias à psicopatia.

    Empático abraço

    ResponderEliminar
  9. Li algures - acho que também na Net - que uma forma de identificar um psicopata seria ver como reagia a um bocejo, por não ser contagiado
    não levei muito a sério a lista porque mesmo que possa ter em conta percentagens, não sabemos como foram recolhidas ou analisadas, mas pareceu-me que poderia servir para brincar com amigos que estivessem na primeira lista

    um beijinho empático

    ResponderEliminar
  10. (essa médica parecia ser muito desumana e insensível)

    ResponderEliminar