sexta-feira, março 31, 2017

Post 6124 - Hoje no Google


145º Aniversário

Na wikipedia:
Serguei Pavlovich Diaguilev, também conhecido como Serge, foi um empresário artístico russo, e fundador dos Ballets Russes, companhia de bailado a partir da qual muitos famosos dançarinos e coreógrafos surgiram (Perm, na Rússia, a 31.3.1872/Veneza, 19.8.1929)

14 comentários:

  1. Mais uma que desconhecia por completo.
    Beijinhos, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha ouvido falar nele mas sabia apenas que seria por algo relacionado com o ballet russo :)
      um beijinho, obrigada e bom fim-de-semana também

      Eliminar
  2. Qualquer dia estamos nós no Google. Que achas, hã? =)

    Quanto à esse Sérgio, ou Serge para os íntimos, já tinha ouvido falar, mas muito vagamente.... :))

    Bjinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for com imagens como esta, estou nessa :)
      um beijinho, obrigada e bom fim-de-semana também

      Eliminar
  3. gosto de aqui vir ler estas pequenas coisas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigada Laura por leres e pelas palavras :)
      um beijinho

      Eliminar
  4. As coisas que tu sabes eheheh!
    Beijinhos e bom fim-de-semana!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Google é que sabe Paula :)
      obrigada, bom fim-de-semana também
      e um beijinho

      Eliminar
  5. Com sinceridade, vi o destaque do Google, mas não cliquei. Afinal Serge foi alguém importantíssimo na cultura russa.

    ResponderEliminar
  6. Querida Gabrielamiga

    Quem não conhece Serge não gosta de ballet...

    Em Goa as coisas não correram muito bem; uns problemas de saúde (meus) - ainda que bastante graves (Ver abaixo sff)- deram origem a situação pouco feliz - que ainda persistem. Irei escrevendo quando tiver a cabeça mais arrumada...
    Além disso no local não havia ligação Internet...
    XXXXX

    31 de Março - Parece-me que vou melhorando da recaída que tive da depressão bipolar que com ela terei de viver até ao forno crematório, pois é doença incurável.

    Vou pois andando devagarinho (sempre são 75 aninhos...) e um destes dias volto a publicar umas linhas. Aproveito para agradecer a todas/os que me acompanharam nestes momentos menos fáceis e sobretudo à Grande Mulher, a minha Raquel, que me amparou, cuidou de mim, enfim teve a paciência de me aturar...

    Qjs & abçs

    Henrique, o Leãozão


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um beijinho e as melhoras Henrique, espero que logo, logo estejas de volta e bem
      Gábi

      Eliminar
  7. Confesso que ontem, nem reparei... estive afastada da Net... por isso é que gosto de passar por aqui...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto de coleccionar estes doodles :)
      um beijinho

      Eliminar